Resiliência ou Mente Sã ?

Resiliência ou Mente Sã ?

Na real: não me pergunte o que é uma “mente sã”. Afinal, hoje estamos “descobrindo” e aprendendo a respeitar a “diversidade”. Então, o que é bom ou saudável para um, pode não ser para o outro.

Agora, qualquer que seja o termo ou conceito que explique nosso estado de pensar e agir, uma coisa é certa: a maneira como percebemos o mundo (e organizamos nossos pensamentos e emoções) impacta diretamente em nossas decisões e comportamentos.

Ok, já falei sobre essa questão em mais de uma oportunidade; pelo que desejo trazer um outro olhar: eu estou envelhecendo, VOCÊ está envelhecendo (quer queira, quer não).

Tá. E aí ?

E aí que nesta semana encontrei uma senhora que há muito tempo não via e seu estado emocional me sensibilizou. Sua história de vida me fez refletir e concluir que não é a idade em si que “cansa” ou desgasta as pessoas, mas sim o resultado de suas experiências – e principalmente aquelas mal elaboradas, mal trabalhadas ou extremamente tristes ou frustrantes (que acabam por desarmonizar a alma e a mente).

A vida é como ela é: cheia de altos e baixos. O agravante agora é que estamos levando nossas vidas de uma forma cada vez mais acelerada, sem tempo para nada – inclusive para nós mesmos; estamos agindo de forma imediatista, como se não houvesse amanhã. Por conta dessa “pressa”, estamos pulando etapas e não fechando adequadamente muitas de nossas histórias – e outra real é que histórias não fechadas ficam lá, latentes, pulsando, esperando um vacilo para voltarem à tona e quando voltam, voltam com intensidade.

É certo que o “amanhã” não existe; mas se vier a existir e se desejarmos “longevidade” ou apenas uma “vida saudável”, precisamos compreender que esse “amanhã” será o resultado da soma de um número infindável de experiências e das escolhas emocionais que fizermos hoje.

E com isso, eis que o conceito de resiliência volta à tona: “não é a quantidade de desafios ou tempos difíceis que ditam nosso (in)sucesso, mas sim a maneira como nos comportamos e respondemos a esses tempos difíceis(leia mais em “Resiliência: que bicho é esse ?”).

Se captou a ideia, não deixe de assistir a palestra de Guy Winch, sobre “higiene emocional” (legendas em português – clique aqui).

Felicidades !

O que achou desse artigo?

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s