Novamente a “águia e a galinha”….

Novamente a “águia e a galinha”….

Hoje, ao final de uma palestra na Fundação Gol de Letra, fui perguntando sobre a razão de algumas crianças não conseguirem se motivar ou serem motivadas.

De imediato me lembrei de uma de minhas últimas postagens (modelo de mundo – por onde tudo começa…- clique aqui) e discorri sobre o assunto.

Mais tarde, quando retornava para casa, fiquei chateado comigo mesmo. Achei que deveria ter simplificado minhas explicações. Afinal, muitas vezes o menos é mais.

Para ilustrar agora a resposta que não dei na hora, trago mais uma vez a metáfora da “Águia e da Galinha” (clique aqui).

Resumindo: quem quer que seja que tenha sido levado a acreditar ser uma galinha dificilmente voará como águia. Para que isso seja minimamente possível, além de uma permissão íntima e de um querer verdadeiro, imprescindível será um processo de renovação de crenças – limitantes.

Crenças são as “nossas” verdades; construídas ao longo do tempo, motivadoras ou limitantes.
Já dizia Henry Ford: Se você acreditar que pode, você pode. Se você acreditar que não pode, você não pode. Nos dois casos você está certo.

O que achou desse artigo?

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s